(RESENHA) O Uraguai

Acabei de ler O URAGUAI, do Basílio da Gama, e confesso que gostei da história. Sim, é um livro bem complicadinho de entender, ao menos eu achei. O problema é que achei a leitura um tanto cansativa por ter muitas palavras desconhecidas por mim, e também por ser escrita de uma forma mais romântica do que moderna. 
 
Basílio da Gama
 
Depois que a leitura embalou, eu comecei a saber filtrar o que servia para entender a história e o que era só pra “encher linguiça”. Deixando esse termo escroto de lado, admito que muitas coisas que li eu realmente não compreendi e não fui atrás para entender, por não achar serem de suma importância. Já outras partes transcorreram perfeitamente e eu consegui compreender a história ao lê-las. Comprovei isto lendo o resumo do livro, após ter o terminado. Pois nele foram retratados todos os fatos importantes da história, e eu lembrei de todos esses fatos, o que mostra que eu entendi as partes que eram para serem entendidas. O resto talvez eu aprenda a compreender no futuro, quando um certo conhecimento eu já tiver agregado ao meu intelecto.
A história é sobre a guerra dos portugueses e espanhóis contra os jesuítas que comandavam, semelhantemente ao trabalho escravo, os índios residentes na região dos Sete povos das missões. Os índios relutantes não quiseram dar suas terras aos povos luso-espanhóis. Por esta razão a guerra aconteceu, dando a derrota aos pobres índios. Ao menos Gomes Freire de Andrade, teve o bom senso e o respeito de amparar os índios sobreviventes. 
Achei um quarteto lindo no penúltimo soneto apresentado no livro, e quero mostrar pra vocês. 


“Não é presságio vão: lerá a gente
A guerra do Uraguai, como a de Tróia;
E o lagrimoso caso de Lindóia
Fará sentir o peito que não sente.” 

 

Para entender melhor esse quarteto eu vou explicá-lo a vocês, mas desculpem se a explicação estiver  incorreta, esta é apenas a minha interpretação.

Não é presságio vão
Quer dizer que o que será dito a seguir é como uma intuição, uma premonição que acredita-se ser verdadeira, que não será em vão, ou seja, dita só por dizer. Não será falsa.

lerá a gente
A guerra do Uraguai, como a de Tróia
Este é o presságio, a intuição, de que quem ler a história do Uraguai perceberá uma semelhança com a guerra de Tróia. 

E o lagrimoso caso de Lindóia
Esse caso foi o seguinte, a Lindóia índia era apaixonada pelo Cacambo índio, e vice-versa. Porém Cacambo foi assassinado a mando do Jesuíta Balda, que é o vilão da história, pois Balda queria que Lindóia se casasse com seu filho Baldeta. Mas ela não queria casar-se com ele e preferia a morte. Tanto foi que seu irmão Caitutu e outros índios acabaram por encontrá-la morta enroscada e picada por uma serpente. Esse seria o lagrimoso caso de Lindóia.

Fará sentir o peito que não sente.
É que como o caso de Lindóia é tão triste, até mesmo aqueles que tem o coração frio, não serão capazes de se fazer totalmente indiferentes em relação a morte dela.

Entenderam? Espero que sim.

Este livro não é uma história para dormir, nem um Best-seller americano. É uma história inteligente, bonita, complexa e sensível. Para ler esse livro temos que deixar qualquer preconceito de leitura de lado, pois é um livro diferente. Não aconselho aqueles que gostam de leituras fáceis a procurarem por ele. Mas aqueles que estão dispostos à novas experiências, como eu estava, e a novos desafios, aconselho totalmente a lerem O Uraguai. O livro realmente é uma jóia da Literatura Brasileira. 

 

 
Anúncios

6 pensamentos sobre “(RESENHA) O Uraguai

  1. Antes de ler essa sinopse, esse livro nunca me chamou atenção. Mas agora que descobri que tem um romancesinho no meio… rsrsMas também, porque gosto de desafios. Mas por enquanto não vou lê-lo, tenho muitos outros na minha lista, e quando eu for ler, quero ter tempo para apreciar e pesquisar o que eu não entender. Achei lindo o quarteto! *-*

  2. Bell:Realmente tem que ler com tempo, porque afinal é complexo e exige de nós total atenção. Lê primeiro aqueles da lista e assim que achar um tempo saboreie ele, porque assim que você terminar vai ver que valeu ter dedicado um tempo nele. (:O quarteto realmente é lindo *-*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s