resenha | Sucker Punch – Mundo Surreal

Olha eu aqui para mais uma resenha cinematográfica. Agora é a vez de um filme mesmo, nãos mais uma animação, apesar deste filme utilizar de grande ajuda da computação gráfica. Estou falando da ação Sucker Punch. O filme que leva ao delírio todos os amantes da manipulação gráfica e computadorizada.
Sucker Punch chegou dando um show de efeitos visuais, uma fotografia incrível, e cenas de tirar o fôlego. Ele realmente é esteticamente belíssimo, e ainda traz consigo uma trama de enlouquecer algumas mentes sãs. Afinal o filme se passa, poderíamos dizer que quase exclusivamente, dentro de um sanatório.
Babydoll, interpretada pela fofa Emily Browning, que já trabalhou em Desventuras em Série, é uma garota que ficou órfã e perdeu a irmã após errar um tiro que tentou acertar no padrasto inescrupuloso que possui. Após este acontecimento, seu padrasto a prende em um sanatório e pede que façam uma lobotomia na garota. Porém lá ela acaba descobrindo um mundo alternativo, onde o futuro encontra-se com o passado, enquanto o presente tenta se meter no meio. Onde dragões, robôs e uma guerra são coisas pertencentes a um mundo melhor que o que ela vive na realidade.
Baby faz amizade com quatro garotas do sanatório e a partir de então elas começam uma busca por quatro elementos que serão capazes de as libertar daquela prisão: mapa, fogo, faca e chave. Mas o problema está em conseguir estas quatro coisas sem serem pegas ou descobertas.
Além de ter toda uma beleza visual, o filme também nos contempla com uma trama instigante, que nos prende e por vezes nos perturba. O final, a meu ver, foi surpreendente, afinal não imaginei que o filme terminaria da forma como terminou. Enfim, foi uma ótima experiência e este filme está recomendadíssimo. Porém há sempre um detalhe, se você tiver a mente fechada para histórias inovadoras e estiver acomodado aos clichês cinematográficos, nem precisa perder tempo pegando este filme. Ele é uma história envolvente, sim, mas é muito crucial que as pessoas tenham sensibilidade e mente livre de pré-conceitos para se deixar levar pela trama. Não é um filme convencional, na verdade, bem pelo contrário. Mas garanto que é um filme espetacular.

 

Anúncios

2 comentários em “resenha | Sucker Punch – Mundo Surreal

  1. Quero ver mas do jeito que a locadora da minha cidade é boa ano que vem ele chega aqui.Gosto bem do jeito como você faz resenha (estou falando como professora agora), você tem um tom crítico que é feroz mas não perde a delicadeza, parabéns! Beijo!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s