(RESENHA) Fazendo Meu Filme 3 – O Roteiro Inesperado

“Um turbilhão de sentimentos e emoções. Assim podemos definir o terceiro volume de Fazendo Meu Filme. No mais intenso livro da consagrada série, Fani, agora com dezoito anos, volta da terra da rainha mais segura, mais madura, e logo se dá conta de que já não é mais a mesma menina que viajou para a Inglaterra, cheia de anseios e temores. Agora, as expectativas estão voltadas para o vestibular e o tão sonhado namoro com Leo. Mas, como em um bom filme, sua vida é cheia de surpresas, alegrias, decepções e conflitos. Estefânia Castelino Belluz terá de fazer escolhas difíceis e corajosas. Seja em confusões no namoro, nas dúvidas do vestibular, nas relações com a família ou com as amigas, Fani passa por várias novas experiências e continua a fazer o seu filme, por caminhos às vezes cheios de romance e felicidade, às vezes duros e nebulosos. A envolvente série, que já conquistou milhares de leitores e leitoras em todo o Brasil, promete, neste terceiro livro, muito mais emoções. E o comovente filme de Fani continua a ser escrito…”

 
Cuidado, pode conter Spoilers!
 

Posso confessar? Este foi o melhor livro dos três já escritos. Sério mesmo. Ele vem com muito mais emoção, mais histórias incríveis, encontros e desencontros, surpresas e muito mais perfeição. 
A história do terceiro livro da série Fazendo Meu Filme conta a readaptação de Fani no Brasil. Ela acaba de voltar de um intercâmbio na Inglaterra e está reaprendendo a conviver com as pessoas que conhece desde que nasceu. O problema é que ela acaba entrando em umas paranoias – típico da Fani – de que está todo mundo diferente em relação a ela, e acaba sentindo como se não pertencesse mais àquele lugar. Claro que com o tempo ela percebe que isso é bobagem e que ela só precisava de tempo para se adaptar novamente ao seu antigo lar. 
Em O Roteiro Inesperado, Fani tem que lidar com segredos que suas amigas não lhe contaram enquanto ela estava viajando, o namoro recém estabelecido com Leo e o ciúme que ele sente do ex dela – o lindíssimo Christian. Além disso, ela passa pela pressão do vestibular e presencia uma tragédia dolorosa. Pode-se perceber que sua volta para seu país de origem não foi tão tranquila quanto ela achou que seria. Muitas emoções vêm para rechear este livro – que na minha opinião, é bem grandinho, apesar de ser super tranquilo de ler
Já disse em alguma das resenhas desta série, que eu amo a forma da Paula Pimenta escrever. Os bilhetinhos, CD’s e e-mails dão aquele toque descontraído na leitura, fazendo com que ela não se torne cansativa. Uma novidade que teve neste terceiro livro, uma que eu achei muito bacana, foi que Fani fez um blog para resenhar filmes. E, por incrível que pareça, esse blog existe mesmo. Aqui vocês podem conferir o trabalho que foi feito para ilustrar o blog da Fani. Eu adoro isto porque faz com que o personagem se torne mais real perante os leitores. 
O meu personagem favorito – um deles, porque eu também AMO a Priscila – voltou com a corda toda nesta sequência. O Christian está mais lindo do que nunca, mais famoso que antes e mais maravilhosos ainda. Ele virou ator e contracenou com o Brad Pitt – alguém me dá o Christian de presente? – Ele é tão perfeito que conseguiu uma bolsa de Cinema para a Fani estudar em Hollywood. Vocês entendem o que é isto? Sem contar que declarou em uma entrevista que ainda ama a ex – a Fani – e que estava voltando para o Brasil para divulgar o filme em que estava contracenando, mas também esperava reencontrar Fani. Olha que coisa mais linda. Todas as garotas babando por ele e o Chis com olhos apenas na Fani. Maravilhoso. Porém… ele fez uma coisinha, assim, uma coisinha de nada sabe, que acabou causando muitos… muitos problemas para a Fani. E essa coisinha que ele fez acabou por mudar todo o rumo da história. O livro teve um final surpreendente com aquele gostinho que não é um simples “Quero mais.” e sim um desesperado “Preciso de mais!”. Portanto, eu espero que esta continuação saia logo, antes que eu acabe tendo um ataque cardíaco de tanta aflição.
Anúncios

6 pensamentos sobre “(RESENHA) Fazendo Meu Filme 3 – O Roteiro Inesperado

  1. Como assim uma "coisinha"? AAAAAAAAAAH! Não gosto do Christian! Sem vergonha! Mesmo tendo "boas intenções" ele destruiu o momento perfeito da Fani! IDIOTA, é isso que ele é! u.u'Mas vou respirar fundo… Deixa pra lá, eu prefiro o lindo do Léo! Só espero que o fim do livro 4 seja feliz. :/De qualquer jeito, sem dúvidas, esse livro é o melhor de todos mesmo! *-* Que bom que você gostou! ^^

  2. Bell:Com certeza, este livro é maravilhoso *———* Ainda mais por causa do Chris lindão \õ/ E não venha me falar do Leo que ele só faz coisa pra Fani ficar triste. Aquele chato ciumento –'Adorei o final deste livro, e espero que o 4 seja tão bom quanto 😀

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s