resenha | Para Sempre

Recentemente assisti ao filme Para Sempre (The Vow), que foi adaptado do livro de mesmo nome.

O filme é baseado nos fatos reais que são narrados no livro. A versão literária da história foi escrita pelos próprios protagonistas dela, Krickitt Carpenter e Kim Carpenter – que na versão cinematográfica viraram Paige (Rachel McAdams) e Leo (Channing Tatum). Como não li o livro, irei focar nos detalhes do filme.

Paige e Leo formam um casal muito fofo que é completamente apaixonado e feliz. Eles estão casados há pouco tempo quando um acidente de carro acontece e muda o rumo de suas vidas. Ambos estavam no veículo no momento do acidente, e apesar de Leo não ter sofrido nenhuma lesão grave, Paige acabou ficando em coma. Ela, depois de algum tempo acaba acordando do coma e tudo estaria bem se não fosse sua repentina perda de memória. A partir de então ela não se lembra dos últimos 5 anos de sua vida.

O filme passa mostrando o sofrimento de Leo por ver que sua amada esposa simplesmente não lembra-se dele e de nada que tenham vivido juntos. Sem desistir de tudo o que construiu ao lado de Paige, ele luta para reconquistar o amor de sua mulher.

Este longa é um ótimo drama romântico. É muito bom por vários motivos como, por exemplo, ser um romance – o que já ganha muitos pontos comigo. Também por se tratar de uma história real, o que faz com que acreditemos mais no filme e em cada interpretação dos atores. Além disso, trata-se de uma adaptação de um livro da editora Novo Conceito. Já tive boas experiências semelhantes, como Querido John, P.S. Eu te amo, Um amor para recordar, Diário de uma paixão e diversos outros livros que eles publicam e que acabam tendo uma versão cinematográfica também.

Para Sempre é um filme lindo, com uma história tocante e personagens inesquecíveis. As interpretações foram adequadas para a história, com destaque para Channing Tatum, por quem sou completamente obcecada  Porém o fato de eu adorar ele não é a única razão de eu amá-lo neste filme. O caso é que o Channing realmente interpreta bem. Ele consegue nos passar os sentimentos do personagem. Já o trabalho de Rachel foi razoável, mas a personagem dela não me emocionou tanto quanto o do Channing. Mesmo que Paige fosse a vítima e razão da história toda, foi a determinação e o amor do Leo que me conquistaram.

Então, é isto. Filme mais que aconselhado para todos os apaixonados e corações derretidos de plantão que amam uma história bem melodramática.

Imagem

Anúncios

2 comentários em “resenha | Para Sempre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s